Resenhas


Outras mídias

Vejam a super resenha de Perfumart - Cassiano Silva !
Agradecemos profundamente!

Clique e confira!

A vez da resenha de DOTTI ICELAND COLLECTION pela visão e super olfato de Henrique Perrella

Clique e confira sobre o VÍK!
Clique e confira sobre o NAKINN!
Clique e confira sobre o ROKK!

Uma das resenhas mais importantes e esperadas por nós @henriqueperrella

Dotti Profusion

Quando escrevi pela primeira vez esse ano sobre Profusion me prendi a uma questão que discordei a respeito de sua fragrância e que de certa forma enviesou minha análise. Por isso, resolvi descartar o primeiro texto e fazer uma segunda reflexão a respeito de seu aroma. A inspiração e conceito de profusion em sua essência é simples, direta e interessante. Profusion tira sua essência de ser da spectrolite, uma variedade incomum de uma pedra preciosa chamada de Labradorita e uma variedade que se destaca por ter uma gama maior de cores. É uma pedra com uma energia e simbolismo forte, de radiância, transformação e cura. Como todas as pedras preciosas a Spectrolite não possui um gênero definido, o que talvez tenha levado a ideia de explorar o conceito de genderless na fagrância. E é aí que mora minha implicância inicial com o conceito de Profusion.

Não creio que tenha sido o objetivo do projeto em si, visto que Profusion é a menina dos olhos do Dotti no momento. Entretanto, a exploração do conceito de fragrâncias genderless atualmente é algo falso, calcado mais em pegar carona em um assunto que está em alta no momento do que realmente explorá-lo. Fora isso, eu acredito que criar do ponto de vista do perfume em si uma criação genderless é uma tarefa hérculea. O conceito genuíno de genderless te leva a produzir um perfume que seja capaz de ser tanto inovador/desafiador para o público masculino como para o feminino. É diferente de criar um perfume unissex ou compartilhado, onde mira-se em algo que pode agradar a ambos os gostos. Para ilustrar o que quero dizer, fazer um único perfume genderless seria o equivalente de ser capaz de fazer uma peça de roupa que é tanto um vestido como um terno, os dois ao mesmo tempo.

Ainda sim, pensando a respeito do perfume em si e lendo os relatos e conversas me ocorreu que há algo tão ou mais interessante em Profusion do que ser uma fragrância genderless. Profusion é genderfluid, um conceito que não se fala muito ainda mas que diz respeito a uma mistura dinâmica entre masculino e feminino, a uma identidade que não fica presa entre nenhum dos dois polos e que pode ser uma coisa um dia e outra no outro. O mix de notas em Profusion permite que o perfume se comporte justamente desse jeito, fluído entre um aspecto fougere mais classico masculino e um lado floral oriental mais sensual e feminino.

É talvez desafiador escrever sobre Profusion quando se pensa em suas nuances, pois não dá para falar sobre o perfume numa perspectiva fixa, já que ele muda sutilmente, como uma pedra preciosa que dependendo da luz que incide você enxerga um colorido diferente. As vezes o cardamomo e a pimenta rosa se destacam, dando uma cara mais especiada fresca que é muito explorada em perfumaria comercial masculina. Entretanto, as vezes o corpo floral de profusion vem a tona e dá um ar mais sensual, quente e envolvente à fragância. É interessante que o gerânio dá um frescor floral de alta qualidade, mas por trás dele há um acorde floral que me faz pensar em neroli e laranjeira e que junto com o heliotropio e coumarina dá um ar mais oriental floral bem interessante. Há ainda vezes onde um aroma de incenso mais cítrico e fresco se destaca, dando uma conotação mais espiritual à composição.

Além disso, Profusion é genderfluid no que se diz quanto a sua classificação entre um perfume comercial e uma criação de nicho, a interpretação de sua fragrância fica na fronteira entre os dois universos. É difícil de classificá-lo por isso e talvez fácil de desmerecer sua fragrância. De certa forma, como a música da Madonna da qual Profusion também se inspira, Profusion te trás muitas perguntas mas nenhuma solução fixa. Talvez por estar mais interessado na jornada de transformação e luminosidade que a pedra Spectrolite simboliza. Não dá para tirar conclusões sobre seu perfume num primeiro uso, por isso encorajo a quem tem interesse em profusion testar algumas vezes primeiro e observar suas sutis mudanças.


Estamos na Fragrantica com
a Coleção Dotti Iceland Collection! Profusion abriu nossos caminhos!
Agradecimento!

Clique e confira!

07/09/2019

Resenha de Bruno&Cris Perfumes!

Clique e confira!

02/09/2019

Resenha de Fredy Rocha e Julio!

Clique e confira!

02/09/2019

Resenha de Eugenio Portela IGTV!

Clique e confira!

31/08/2019

Resenha de Maviael!

Clique e confira!

12/08/2019

Bruno Bajou

Clique e confira!

08/08/2019

Resenhas de Wellerson Rosa

Clique e confira!

05/08/2019

Resenha de Bruno e Chris!

Clique e confira!

04/08/2019

Canal Fredy Rocha e Júlio!

Clique e confira!

04/08/2019

Henrique Limma!

Clique e confira!

11/06/2019

Nando Lopez Consultoria de Moda e Estilo

Clique e confira!

08/06/2019

GIL FUENTES Comunicação

Clique e confira!

07/06/2019

Portal sobre tudo

Clique e confira!

06/06/2019

A marca dos famosos...

Clique e confira!

06/06/2019

Jaciara Barros – “Depois do sucesso do perfume Profusion a Dotti Perfumes inova mais uma vez e lança uma tríade de fragrâncias - DOTTI ICELAND COLLECTION.”

Clique e confira!

06/06/2019

NA MÍDIA – De Uiara Zagolin

Clique e confira!

06/06/2019

TiVi na LiLi – O Melhor site de comunicação empresarial

Clique e confira!

06/06/2019

SHOW VIP - POSTADOR POR: UIARA ZAGOLIN

Clique e confira!

06/06/2019

Universo da Fama - Tânia Voss

Clique e confira!

22/05/2019

Considerações de Cassiano Silva, em breve resenha!

Inspiração e perfumaria são palavras que se complementam. E quando bem trabalhadas, as possibilidades são infinitas.
Depois de Profusion (tem resenha lá no blog), a Dotti Perfumes acaba de lançar sua nova coleção, que retrata a admiração dos povos nórdicos pelo fenômeno da aurora boreal.
A nova iceland collection traz 3 fragrâncias marcadas com a linguagem das Runas, cada uma com seu próprio simbolismo e significado.

A primeira impressão (aquela baseada no apelo visual) foi muito positiva: boa apresentação, frascos e caixas coerentes com o conceito, o press kit foi produzido sem economia e, pelo que já senti em uma das fragrâncias, o resultado parece promissor.
Em breve, vou publicar minhas análises lá no blog. Fiquem de olho!


19/05/2019

Primeiras impressões Fábio Navarro

Clique e confira!

Profusion Dotti for women and men!

Clique e confira!

22/11/2018

Foi muito privilégio ter essa entrevista com a Tânia Voss na sua coluna Cartão de Visita no Portal R7 juntamente com Rodrigo Bulgarelli Lombardi, sobre nossa parceria e história na perfumaria e na criação de Profusion. Agradecemos muito Tânia, pela sansacional matéria e oportunidade!

Clique e confira!

21/11/2018

Clique e confira!

11/11/2018

Clique e confira!

01/10/2018

A nova edição da Revista Olfato traz a história da criação de Profusion! O download é gratuito!

Clique e confira!

15/09/2018

Mais uma resenha que traz nosso conceito e expectativas

Clique e confira!

22/08/2018 - Frangipani Perfumes

SEM PRECONCEITO: com R$100,00 a menos!
Recentemente, com uma tristeza imensa, acompanhei em um dos muitos grupos de perfumes dos quais participo, um festival de preconceito direcionado à uma marca nacional de perfumes por conta, nesse caso específico, do valor cobrado por um perfume diferenciado/exclusivo de seu portfólio.
Um dos "argumentos" que eu mais acompanho quando a intenção é depreciar a perfumaria nacional é, "com R$100,00 a mais, eu compro um importado", assumindo que todo perfume importado é melhor/superior aos perfumes brasileiros. Eu poderia desfiar uma lista imensa de perfumes importados que são bem ruins, mas além de cansativo, isso não acrescentaria nada à vida de ninguém; além de eu perpetuar o péssimo hábito das pessoas, de modo geral, de depreciar o que e quem quer que seja, quase sempre, gratuitamente!
Ao contrário, quero exultar três criações nacionais, ou de empresas brasileiras que colocam muitos, mas muitos mesmo, perfumes importados no bolso:
• Essencial Oud – Natura: lançado para o inverno/Dias dos Namorados de 2018, esse amadeirado oriental da Natura, "a casa de perfumaria do Brasil", é um perfume espetacular, de uma qualidade ímpar! A habilidade em unir a brasileiríssima copaíba e a asiática oud de forma primorosa trouxe um brilho inigualável à fragrância. Definitivamente, é de sentir orgulho!
• Águas de Verão, Cavalheiros – Companhia da Terra: esse é o perfume masculino brasileiro mais antigo ainda em produção! E que felicidade que a despeito de todo o preconceito ainda está em produção; porque, olhem, é um dos perfumes mais bonitos que eu tenho na minha coleção. Sua fragrância inspira o requinte e luxo imperiais do Brasil Colônia. Inequivocamente, um perfume que todo apaixonado por perfumaria tem de ter na coleção!
• Profusion – Dotti Perfumes: lançamento recente do mercado e eu já considero uma obra-prima da perfumaria independente nacional! Fruto da parceria entre a Dotti e a Casa Lombardi, o Profusion é uma fragrância que nos conduz à uma viagem sensorial! Sua construção, riquíssima, proporciona uma "profusão" de camadas que se movimentam o tempo todo e fazem dessa fragrância uma "obra viva" sobre a pele! Além disso, o conceito genderless coloca Profusion à frete do conservador mercado de perfumaria nacional.
Com base apenas nesses três perfumes, e eu poderia citar uma imensidão de outros, é com orgulho que eu rebato o preconceito com a perfumaria brasileira: com R$100,00 a menos, eu compro, com orgulho, um nacional!


18/08/2018

Resenha incrível de André Nogueira

Clique e confira!

06/08/2018 - Frangipani Perfumes

PDD: Profusion – Dotti
Enquanto Chico Buarque canta "Luz, quero luz! Sei que além das cortinas são palcos azuis e infinitas cortinas com palcos atrás", eu visto Profusion, da Dotti Perfumes, que me oferece a luz da Spectrolite, e a dimensão lúdica e perfumada de cortinas e palcos!
Acho que Vida, de Chico Buarque, foi a primeira música que me deu o sentimento de dimensão, de profundidade. Profusion é, certamente, o perfume que coroou esse sentimento. A ideia de "infinitas cortinas com palcos atrás" não me sai da cabeça... Nem da pele! Profusion fixa, em mim, uma eternidade!
Muito bom dia pra todo mundo, excelente início de semana pra todos nós, e sigamos juntos sob a luz que nos alumia!


22/07/2018

Temos resenha nova do Esper Leon, a poesia de Profusion!

Clique e confira!